domingo, 13 de dezembro de 2009

Sou Livro

A literatura é uma estrada infinita por onde transita a liberdade.

É ela quem cria o ponto de conflito mais prazeroso que já tive contato, ao prender o nosso olhar e coração a um livro e ao mesmo tempo nos fazer flutuar em sonhos, idéias e pensamentos.

O livro é a comida da alma. E é também o passaporte para uma viagem a esse infinito caminho por onde voam os nossos pensamentos.



acompanhe lendo



[ficha técnica]

texto - gabriel camões
leitura - breno fernandes
percussões - joão vinícius

Um comentário:

FláPerez (BláBlá) disse...

Quero contribuir para o blog de vcs.Posso? Conheci vcs na Balada Literária. Amei aquele texto "Não serás poeta", queria colocar no meu blog, pq me deixou arrepiada a imagem das minhas filhas encaixotando meus livros qdo eu morrer...por enquanto tenho só um publicado, o "LEOA OU GAZELA,TODO DIA É DIA DELA"
flavia_perez@hotmail.com