sexta-feira, 15 de maio de 2009

Canção de amor

A canção na qual eu não acredito mais, falida nas rádios e mídias audiofônicas, ainda permanece sincera por entre os acordes e versos das canções de amor. Por mais que estas sejam feitas aos quilos por compositores que gananciam a fama, sustentam sua sobrevivência, ou mesmo pelo amador que escreve da porta do quarto para dentro, em algum momento, um intervalo de tempo em que o lápis não toca o papel, um minuto de silêncio é gerado. Este é o silêncio mais genuinamente sincero, que só quem escreve uma canção de amor ainda carrega consigo.



[ficha técnica]

texto - joão vinícius
leitura - joão vinícius e breno fernandes (trecho em francês)
música - gabriel camões (voz), joão vinícius (melodia, guitarra e violão), rafael campêlo (baixo) e igor andrade (bateria)

2 comentários:

Camilo disse...

Camões, meu filho, entre em contato aí!
camilo_lobo@yahoo.com.br

Por sinal, esse é um blog recomendadíssimo.
Tá lá nos favoritos.

Forte abraço.

lalai disse...

lindo.

"feelings are intense
words are trivial"

enjoy the silence - depeche mode